quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Campanha publicitária de segurança pública

Todo mundo sonha em ser herói um dia. Herói de verdade. Policiais de São Paulo. Nosso maior orgulho é servir você.



video

sábado, 26 de novembro de 2011

Fórmula 1 - Sáiba das novidades para o GP Brasil 2011

A Polícia Militar do Estado de São Paulo estará presente no Grande Prêmio de Fórmula 1, no Autódromo Municipal de São Paulo “José Carlos Pace” – Avenida Senador Teotônio Vilela, 261 – Interlagos com estrutura para propiciar condições de segurança para o público que prestigiará o evento, competidores, organizadores e moradores da região.

Mais de 4.000 (quatro mil) homens da Polícia Militar cuidarão da preservação da ordem pública dentro e nos arredores do Autódromo de Interlagos, envolvendo o efetivo de várias Unidades da PM, distribuídos entre os dias 25, 26 e 27 de novembro.

Durante todo o evento, policiais militares prestarão serviços de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública, por meio dos programas de Radiopatrulhamento, Força Tática, Policiamento Comunitário, ROCAM e Policiamento de Trânsito, além de ações de Policiamento Aéreo, de Choque e de Bombeiros, com emprego de aproximadamente 800 (oitocentas) viaturas, 260 (duzentos e sessenta) cavalos e 04 (quatro) aeronaves.

Às 06 horas, os portões serão abertos ao público pagante, nos três dias do evento. No dia 25 de novembro a partir das 08h45min, o Autódromo receberá os competidores para testes e ajustes, reconhecimento do circuito e treinos livres. No dia 26 de novembro, a partir das 09 horas, o Autódromo receberá os competidores para treinos cronometrados para a definição do grid ,,,, de largada de domingo. No dia 27 de novembro, a partir das 09 horas, realizar-se-ão os eventos suportes e às 14 horas, ocorrerá a largada da prova principal, que tem expectativa de público de aproximadamente 80.000 (oitenta mil) pessoas.

A SPTrans preparou o Transporte Oficial, para os dias 26 e 27 de novembro, facilitando o acesso para quem vai ao Autódromo. Os ônibus partirão de seis miniterminais: Metrô República, Trianon-Masp, Metrô Jabaquara, Aeroporto de São Paulo/Congonhas, Shopping Interlagos e Shopping SP Market e irão diretamente para Interlagos, em serviço expresso, sem paradas no percurso. No entorno do Autódromo, haverá quatro paradas programadas que atenderão aos portões de acesso.
A tarifa foi fixada em R$ 20,00 (ida e volta) e R$ 12,00 (somente ida ou volta). O bilhete poderá ser adquirido em qualquer um dos pontos de embarque. Não haverá venda antecipada.

Além dos ônibus acessíveis nas linhas expressas, a Gerência do Serviço Atende da SPTrans oferece transporte gratuito às pessoas com deficiência, operando com vans adaptadas para cadeiras de rodas, estando disponível nos miniterminais.
Pela característica do evento, a SPTrans em articulação com o Departamento de Transportes Públicos – DTP, também possibilitará a ligação direta do Aeroporto Internacional de Guarulhos ao Autódromo, operada pelo serviço Aiport Bus Service, sob responsabilidade da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU. A tarifa é de R$ 33,00 (somente ida ou volta).

Nos três dias de evento, a Assessoria de Imprensa da Polícia Militar estará disponível para auxílio à imprensa, no Posto de Comando, localizado na Praça Enzo Ferrari, defronte ao Autódromo. Uma equipe de policiais militares intérpretes estará disponível no local para auxílio e orientação a estrangeiros, com coletes de identificação no idioma disponível.

►,A Polícia Militar recomenda:
•Procure se deslocar para o Autódromo com antecedência. Planeje o seu trajeto e o tipo de transporte, dando preferência ao transporte público,
•Caso opte por veículo particular, poderá encontrar dificuldades com estacionamento,
•Caso seja abordado por guardadores de carros, os flanelinhas, acione imediatamente a Polícia Militar,
•Evite o uso de bolsas, mochilas, joias e objetos de valor. Se possível, porte somente um documento de identificação, cartão de crédito ou débito e dinheiro necessário,
•Não se esqueça de levar protetor solar, capa de chuva e protetor auricular,
•Evite comprar objetos de vendedores ambulantes,
•Qualquer dúvida ou problema ligue para o telefone de emergência 190 ou procure por um policial militar. Temos policiais intérpretes especialmente preparados para atender os turistas estrangeiros em vários idiomas,
•O posto de Comando da Polícia Militar durante o evento será na Praça Enzo Ferrari, em frente o Portão A, para apoio ao público em geral.
A Polícia Militar do Estado de São Paulo torna público o resultado da Operação Direção Segura realizada na Capital por integrantes do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), em 04 de novembro, no período das 19h às 06h, conforme segue:

•340 condutores submetidos ao teste do etilômetro (bafômetro),
•06 pessoas presas em flagrante pelo crime do art. 306 do CTB (embriaguez ao volante),
•18 autos de infração lavrados por infringência ao art. 165 do CTB (embriaguez),
•01 pessoa se recusou ao teste.
Os policiais militares do CPTran, dividiram-se em equipes e atuaram em várias operações / blitz, distribuídas em todas as regiões da Capital. O objetivo da Operação Direção Segura é prevenir acidentes e garantir a diversão de todos.

Assista ao vídeo com as orientações da PM: http://www.youtube.com/watch?v=xBXJBFvS19E

Comunicação Social

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Seis batalhões da Polícia Militar receberam o Prêmio Disque Denúncia 2011


Seis delegacias da Polícia Civil e seis batalhões da Polícia Militar receberam o Prêmio Disque Denúncia 2011, na manhã desta quarta-feira (23). Criado pela Secretaria da Segurança Pública e pelo Instituto São Paulo Contra a Violência (ISPCV), a premiação reconhece os policiais e unidades que se destacaram na prevenção e solução de crimes a partir de informações da população paulista através do Disque Denúncia 181.

A iniciativa visa celebrar o sucesso da contribuição ativa da sociedade para o combate à criminalidade.

Os batalhões da Polícia Militar e delegacias da Polícia Civil foram selecionados com base em casos resolvidos nos últimos 12 meses. Além de uma placa comemorativa, eles receberam também um notebook para uso das respectivas equipes.

Na categoria Destaque, foram premiadas duas unidades da Polícia Militar e duas da Polícia Civil, que ganharam pacotes de viagens para duas pessoas.

Foram entregues Menções Honrosas aos coordenadores da PM, Polícia Civil, Instituto São Paulo Contra a Violência, Polícia Técnico-Científica e Corpo de Bombeiros no Disque Denúncia.

Os resultados das denúncias da população

Há 11 anos, o Disque Denúncia é uma das estratégias para combater e reduzir a criminalidade e a violência no Estado de São Paulo. Neste período, foram recebidas cerca de 1,3 milhão de denúncias. Com base nessas denúncias, as polícias realizaram:

·30.463 flagrantes de tráfico de drogas,

·28.614 prisões em flagrante,

·11.227 flagrantes de jogos de azar,

·5.359 armas apreendidas,

·4.165 fugitivos recapturados,

·2.089 casos de homicídios,

·1.589 postos de combustíveis flagrados vendendo produtos adulterados

·1.563 furtos de energia solucionados

·1.018 casos de maus tratos contra crianças, idosos e mulheres,

·280 empresas flagradas em casos de sonegação fiscal,

·265 cargas recuperadas

·193 sequestros solucionados.

Para denunciar a prática de qualquer tipo de crime, ligue para o Disque Denúncia, número 181.

Assessoria de Comunicação da SSP

Tenente Coronel Madia assume o comando da ROTA


pelo novo comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque – ROTA (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), o tenente coronel Salvador Modesto Madia. Ele foi apresentado na tarde desta terça-feira (22) em uma coletiva de imprensa.

O tenente coronel assumiu o cargo após a aposentadoria, na semana passada, do coronel Paulo Adriano Telhada. Ao ser questionado sobre como vai ser a sua atuação no comando da ROTA, diz que não tem porque mudar uma doutrina que dá certo há tanto tempo. “Vou apenas dar meu toque pessoal”, frisou.

Madia já trabalhou na Rota quando era tenente, entre os anos de 1986 a 1988 e, depois, entre 1991 a 1993. “Para mim é um orgulho voltar como comandante. É a realização de um sonho”.

Mesmo com os altos índices de combate à criminalidade e a diminuição dos números de resistência seguida de morte, Madia afirmou que a ROTA vai continuar com o patrulhamento ostensivo buscando sempre um combate efetivo que apresente resultados. “Nunca tive a postura de ficar atrás de uma cadeira”, declarou.

Confira trechos da entrevista coletiva http://www.youtube.com/watch?v=LAJ0k2zPvgk

Vivian Goltl - Secretaria de Segurança Pública

Comunicação Social da Polícia Militar do Estado de São Paulo

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Projeto ‘Sala Nota 10’ ensina valores a alunos


Reportagem do JBA no Jornal Diário de Sorocaba, em 17NOV11

Incentivar o protagonismo juvenil por meio de ações que beneficiem toda a comunidade é o objetivo do projeto “Sala Nota 10”, desenvolvido por integrantes do Programa Jovens Brasileiros em Ação (JBA) e soldados do 7º Batalhão de Polícia Militar do Interior (CPI-7) em escolas estaduais da cidade. Ontem, os trabalhos foram iniciados na Escola Estadual “Dr. Arthur Cyrillo Freire”, na Vila Jardini, com a participação de 20 alunos. Até o final deste ano, outras três unidades da cidade também serão beneficiadas pelo projeto.

Pioneiro em alguns batalhões da PM, o projeto busca trabalhar a solidariedade dos alunos e fazer com que eles valorizem cada vez mais o ambiente escolar. As ações são desenvolvidas sob orientação dos soldados Passos e Ezequiel, que buscam na parceria com as escolas mostrar aos alunos o valor do trabalho voluntário. “É preciso o apoio da escola para que as ações sejam concretizadas. Os alunos ganham, os professores ganham e a escola ganha”, ressaltou o soldado Passos. Os alunos são responsáveis pelas pinturas na sala e no quadro negro, colocação de vidros e de cortinas, limpeza e manutenção das carteiras, cadeiras e armários.

Conforme o soldado, a PM inicia o trabalho na escola com uma reunião entre os alunos que apresentam bom relacionamento com outros alunos, assim como boas notas. “São os líderes positivos”, descreveu. Esses alunos passam por um curso de três meses, fora do horário de aula, aprendendo sobre assuntos relacionados à violência e cidadania para, posteriormente, trabalhar esses assuntos com os outros alunos através de palestras. O mesmo método será utilizado na Escola Estadual “Antônio Vieira Campos”, do bairro Júlio de Mesquita Filho, na “Joaquim Izidoro Marins”, na Vila Angélica, e na “Professor Genésio Machado”, Vila Santana.

Com o apoio da escola, que fornece o material solicitado para os trabalhos, a equipe de voluntários “põe a mão na massa” e executa toda a tarefa como um desafio a vencer. Para a diretora da unidade, Edith Rosa Correa, o projeto ajuda de maneira positiva o crescimento do aluno como cidadão. “É uma forma de desenvolver a autonomia do aluno, pois eles recebem o projeto e o colocam em prática. Eles colocam a mão na massa e, assim, pegam amor pela escola”, destacou. “Eles são respeitados entre os outros alunos por fazer parte do JBA. Com isso a escola só tem a ganhar.”

A diretora contou que as palestras promovidas pelos alunos fazem muito sucesso, já que naquele momento predomina a mesma linguagem. “Quando é palestra sobre bullying, por exemplo, os alunos pesquisam e mostram aos soldados, que corrigem e orientam sobre como fazer a apresentação. E eles fazem sozinhos para a escola toda. Isso melhora a qualidade no ensino e no relacionamento entre eles mesmos”, frisou.

A estudante da 7ª série do Ensino Fundamental, Leilaine Kathleen Melo de Oliveira, é uma das integrantes do JBA da Escola Estadual “Dr. Arthur Cyrillo Freire”. Para a jovem, de 14 anos, o trabalho tem ajudado na sua desenvoltura diante das outras pessoas. “Eu tinha vergonha de falar, de ficar na frente na sala de aula; agora meu relacionamento interpessoal melhorou bastante através das palestras de damos.” Assim também se sente Graciele Helena Santos, 14 anos, que leva mais além o resultado das atividades que desenvolve no projeto. “São ações de conscientização que servem para alertar também dentro de casa.”

MAIS ATIVIDADES - Conforme o soldado Passos, os alunos não se dedicam apenas aos serviços nas salas de aula e às palestras, mas também a projetos como a Rádio Jovem, que já está no ar na escola; e o jornal, que será impresso e divulgado em breve. “Na rádio, os alunos tocam músicas e falam de temas ligados à educação, além de dar avisos da direção da escola”, explicou. “Já o jornal, que terá informações sobre segurança e o que é feito na escola, os próprios alunos e a PM farão as entregas."

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Polícia Militar do Estado de São Paulo é destaque em duas reportagens na televisão durante o final de semana


A Polícia Militar do Estado de São Paulo foi destaque na televisão, em duas reportagens distintas, no domingo (13).

A primeira matéria foi produzida pelo programa da Rede Globo, Fantástico, mostrando a ação da Polícia Militar durante a reintegração da reitoria da USP. http://www.youtube.com/watch?v=e9N8tI7iT_Y

A segunda matéria foi produzida pelo programa da Rede TV, Pânico na TV, onde dois repórteres participaram do Curso de Tiro Defensivo na Preservação da Vida – Método Giraldi. http://www.youtube.com/watch?v=nitTo7dlnhI

Polícia Militar, compromisso com o cidadão.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Policial escritor participa do Salão do Livro

O policial militar e jornalista Odemir Alves, autor dos livros infanto-juvenis “Os Manezinhos”, lançado em março e “A Turma da Vila Marcondes”, 2ª Edição, ambos pela Editora Cuore, estará no 2º Salão do Livro de Presidente Prudente/SP, que ocorre entre os dias 04 e 13 de novembro.
Segundo o escritor o evento é uma grande oportunidade de aproximação aos leitores. “Eventos desta proporção cultural, é uma chance de estar perto dos jovens leitores, ouvi-los e incentivá-los a leitura, passando um exemplo de valorização, e da importância que tem os livros na formação educacional e cultural dos adolescentes”, frisa.
Em 2011 o autor participou da Bienal do Livro de São José dos Campos (abril), da Feira do Livro de Ribeirão Preto (junho) e teve seus livros expostos na Bienal do Rio de Janeiro e de Pernambuco (setembro).
De acordo com Odemir, 90% da edição dos livros já foi vendida e a Editora prepara uma nova edição para o ano que vem .
No Salão do Livro de Presidente Prudente os livros do autor estarão expostos no Estande da Associação Prudentina de Escritores (APE).
Em 2011 cerca de 500 alunos de escolas públicas e particulares foram atendidas pelo Projeto Carro de Vento, que o autor desenvolve para aproximar os jovens dos livros, através de palestras de motivação à leitura, oficinas literárias e estruturação de bibliotecas.
O autor concluiu Curso de Formação de Soldados e a Faculdade de Jornalismo ao mesmo tempo em 2002, e o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) foi sobre Assessoria de Imprensa da Instituição. Trabalho que pôs em prática no Setor de Comunicação Social do 25º Batalhão em Dracena e atualmente no 18º Batalhão em Presidente Prudente.
“Quando entrei na PM em 2002 tinha uma visão diferente da Instituição e assim como mudei a minha opinião, percebi que poderia ajudar a população a conhecer melhor o trabalho realizado pela Polícia”, finaliza.




Comunicação Social

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Polícia Militar homenageia a memória dos policiais mortos no cumprimento do dever

A Polícia Militar do Estado de São Paulo realizou, em 02 de novembro, às 09h00, no Mausoléu da Polícia Militar e no Mausoléu da antiga Guarda Civil, no Cemitério do Araçá – sito a Avenida Dr. Arnaldo nº 666, Pacaembu/SP, a cerimônia de culto à memória dos policiais militares falecidos no cumprimento do dever.

No dia em que os mortos são reverenciados, a Polícia Militar fez uma reflexão sobre a sua árdua missão, pois a morte do policial em serviço significa o mais alto preço pago para a preservação da ordem pública.

Nos municípios da Grande São Paulo e do Interior do Estado, as cerimônias foram realizadas nos cemitérios em que policiais militares mortos em serviço estão sepultados.

Confira as matérias produzidas pelas equipes do Centro de Comunicação Social da PMESP http://migre.me/63i8q e http://migre.me/63i91





Comunicação Social

13º BPM/I REALIZA SOLENIDADE EM HOMENAGEM AOS POLICIAIS MILITARES MORTOS EM SERVIÇO



Nesta Terça-Feira, dia 01º de Novembro, por volta das 08h, na sede do 13º Batalhão de Polícia Militar do Interior, em Araraquara, foi realizada uma solenidade com vistas a homenagear os Policiais Militares mortos em serviço da Unidade.

Os familiares dos Policiais Militares mortos, cujas fotos integram a galeria de heróis do 13º BPM/I, estiverem presentes, bem como vários Policiais Militares da ativa. Foi um momento especial de recordação da vida daquelas pessoas que perderam seus filhos, maridos e familiares em atendimento de ocorrência. A emoção tomou conta dos presentes, em especial durante o toque de silêncio.

Os heróis homenageados foram os seguintes:
1. Soldado PM Benedito Vieira Góes, morto em 26/08/1984;
2. 1º Sargento PM Reinaldo A. Fanti Garcia, morto em 30/09/1995;
3. Soldado PM Edivanil Aparecido da Silva, morto em 24/09/1999;
4. Soldado PM Paulo Roberto de Souza Júnior, morto em 18/07/2009;
5. Soldado PM Carlos Roberto Grecca, morto em 09/03/2010;
6. Soldado PM Remilton de Moraes Silva, morto em 19/03/2011.

Nesta singela homenagem aos nossos heróis que partiram desta vida terrena, todos os presentes puderam refletir um pouco para se livrar, momentaneamente, das preocupações e distrações cotidianas, para buscar, de forma sublime, contemplar com saudade e grata ternura, a memória dos bravos Policiais, que não mais retornaram aos seus lares para abraçar aqueles que mais amavam.

Comunicação Social