terça-feira, 3 de março de 2015

Só a presença já intimida

 Cão Judá encontra drogas em veículo abordado na cidade de Suzano

Por volta das 08h00 desta terça-feira (03), dois policiais faziam o patrulhamento de rotina quando suspeitaram das atitudes de um homem que conduzia seu veículo pela Rua Roberto Nunes, no Jardim Nena. , Durante a abordagem ele tentou fugir, mas foi detido.

Só a presença do cão Judá, que participava da abordagem, já intimidou os dois infratores, os quais já mostraram o compartimento falso do veículo onde a droga estava escondida.

No local havia uma sacola plástica com R$ 390,00, 49 trouxas de maconha e 34 pinos de cocaína. Três celulares também foram apreendidos.
 
O criminoso J.G. S., de 26 anos, é de Itaquera. O traficante ia abastecer os pontos de droga do bairro, recolher o dinheiro da venda e levar o outro para a troca de turno.

Dada voz de prisão, o criminoso e a droga foram conduzidos ao Distrito Policial Central de Suzano para registro da ocorrência.

Clique no link e assista ao vídeo que mostra onde a droga estava escondida:
http://zip.net/bgqS2B


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Flagrante de roubo de veículo em Ourinhos

O Frontier foi roubado no dia anterior em São Bernardo do Campo




 
 
Policiais militares do 31º Batalhão de Polícia Militar do Interior, na madrugada desta terça-feira (03), prenderam dois criminosos que haviam roubado um veículo há poucas horas.

A equipe da viatura I-31118, recebeu denúncia de que na boate situada na Rodovia Raposo Tavares, zona rural de Ourinhos, haviam chegado dois homens em atitude suspeita, num veiculo Nissan/Frontier, prata, placas São Bernardo do Campo/SP.
 
 
 

Após consulta via Prodesp, foi constatado que o veículo tinha queixa de roubo pelo município de São Pedro/SP na data de 02/03/2015, por volta das 18h30. No interior do automóvel havia um computador completo com monitor, dois colchonetes, um vídeo game e ainda a quantia de R$ 452,00 Reais.

Os criminosos foram autuados em flagrante e conduzidos ao Distrito Policial para registro da ocorrência e após, encaminhado ao Sistema Penitenciário. O veículo foi recolhido ao pátio Carrecar.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Operação pelo bairro São José II na zona leste de São José dos Campos

Na data de ontem, dia 02 de março de 2015, por volta das 22h15min, as equipes de Força Tática, viatura I-46011 e I-46013, deslocaram ao bairro Jardim São José II, a fim de verificar denúncia anônima de tráfico de entorpecentes.

Pela Rua Ayrton Senna da Silva visualizaram um homem realizando a venda de entorpecentes ao condutor de um veículo Fiat Uno de cor vermelha, este com mais 3 passageiros.

Ao visualizarem a viatura, o motorista dispensou um pino de cocaína e tentou evadir-se, mas foi abordado e com ele foram localizados 08 pinos de cocaína e a quantia de R$ 90,00.

Na busca ao veículo foi localizada uma porção de maconha. Indagados, confessaram estar adquirindo drogas de L. A. M., de 29 anos.

Realizada a busca pelo local, foram encontradas das 3 sacolas contendo R$ 620,00, 157 pinos de cocaína, 29 frascos de lança perfume e 279 porções de maconha.

Diante dos fatos, os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos ao DP para registro da ocorrência de tráfico de entorpecentes e porte de entorpecentes para o condutor do veículo. L. A. M. permaneceu à disposição da Justiça.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

PMs prendem três indivíduos armados em Perdizes


Um veículo roubado foi recuperado intacto
Policiais Militares da 3ª Companhia do 4° BPM/M, município de São Paulo/SP, nesta segunda-feira (2), prenderam 3 criminosos na região do bairro Perdizes.

Por volta das 10h40, durante patrulhamento pela Avenida Professor Alfonso Bovero, os policiais suspeitaram de três pessoas que ocupavam um veículo FORD KA, de cor prata, placas de São Paulo, Capital. Ao ser dada ordem de parada, desobedeceram e fugiram na contra mão da via, sentido Vila Madalena, mas foram cercados e detidos.
 
Na revista veicular e busca pessoal foram localizados dois revólveres municiados prontos para o uso. Após consulta no terminal da viatura operacional, foi constatado que o veículo era produto de roubo na data de 18 de fevereiro de 2015, pela área do 16° BPM/M.

As placas não correspondiam ao veículo e os infratores possuíam antecedentes criminais por roubo, receptação, porte ilegal de armas e extorsão, demonstrando o grau de periculosidade dos detidos. Eles confessaram ainda, que a intenção era a de fazer roubos de veículos ou residências naquela região conforme a oportunidade.

Os criminosos foram presos e a ocorrência foi registrada no 23° DP, onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência de natureza, Receptação / Porte ilegal de armas.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Polícia Militar apreende drogas em Itanhaém


Um homem e uma adolescente foram detidos
Policiais militares do 29º Batalhão de Polícia Militar do Interior, neste sábado (28FEV), localizaram mais de 37 tabletes de maconha no município de Itanhaém.

Equipe de Força Tática recebeu denúncia informando que pela Rua Sheila, no Jardim Regina, um homem estaria traficando e armazenando entorpecentes em sua residência.

Chegando ao local, um casal foi abordado e posteriormente identificados como M. B. O., de 24 anos, e a adolescente B. D. S. O., de 17 anos.

Ao serem informados sobre a denúncia, ambos confessaram que na residência havia uma grande quantidade de droga armazenada, sendo permitida a entrada dos policiais militares no imóvel.

Sobre um armário, foi encontrado um pote contendo 09 tabletes de maconha, 10 frascos contendo lança perfume e 01 balança de precisão.
 
A equipe ainda vasculhou um terreno ao lado da residência e, entre a vegetação, localizou um latão de plástico azul enterrado, contendo 28 tabletes de maconha.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão em flagrante aos infratores da lei e conduzidos, juntamente com as drogas, ao Distrito Policial de Itanhaém para registro da ocorrência. A adolescente foi ouvida como testemunha e liberada aos responsáveis.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

domingo, 1 de março de 2015

Honras Fúnebres

video
Honras Fúnebres ao herói antes do Traslado do corpo do Soldado PM Fernando Esnilherson do Nascimento, o qual foi sepultado em Juazeiro do Norte - CE.

COMUNICAÇÃO SOCIAL

MAIS UM GUERREIRO E HERÓI, DEFENSOR DA SOCIEDADE, COVARDEMENTE MORTO!

É com gigantesca dor que a Polícia Militar informa que o Soldado PM FERNANDO ESNILHERSON NASCIMENTO, integrante do 27º BPM/M (Zona Sul da Capital), infelizmente, não resistiu a ferimento causado por disparo de arma de fogo efetuado por criminoso, que o acertou no ombro direito.

Por volta das 09h35 do dia 18 desse mês, o Soldado PM F. NASCIMENTO e outros três colegas de farda realizavam patrulhamento pela Rua Dr. Paulo de Barros Whitaker.
Observaram 07 (sete) pessoas em atitudes suspeitas, optando pela abordagem policial. Na tentativa da abordagem, criminosos fugiram em direção a uma viela (Rua Francisco de Arruda), bairro Cidade Dutra, no interior da intitulada “Comunidade da 20”.

Um deles, identificado como Wilverson, COM VÁRIAS PASSAGENS PELA POLÍCIA, disparou várias vezes contra os policiais militares, morrendo no local.
Durante o confronto o Sd PM F. NASCIMENTO foi ferido no ombro direito e, pela gravidade da lesão, socorrido pelo Helicóptero Águia 10 do Grupamento Aéreo ao PS Grajaú e posteriormente transferido ao Hospital das Clínicas - HC.

Na ocorrência foram apreendidos 1 (um) revólver, 1 (uma) pistola e 3 (três) veículos (roubados/furtados), além de diversos aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos, relógios, tênis, e roupas.

Hoje, às 13h45, nosso guerreiro e herói Sd PM F. NASCIMENTO, com 25 anos de idade e 3 anos e sete meses de PMESP, cumprindo o santo compromisso de sangue com a sociedade, no HC, local em que estava internado desde o evento, faleceu...

Deixa a esposa, grávida de 3 meses, e uma filhinha de 4 anos, que não sai da frente da residência de nosso herói tombado dizendo que “está esperando o pai chegar...”

Os seis outros criminosos encontram-se em liberdade, com dois deles já identificados.

O velório terá início às 11h30 de deste domingo (01MAR), no Cemitério Parque Anjo da Guarda, situado na
Av. Crescente, 33 – Novo Juazeiro – Juazeiro do Norte - CE.

O sepultamento acontecerá às 18h00 no mesmo dia e local.

A Equipe de PM Vítima da Corregedoria investiga o caso.

Informações para auxiliar na investigação e, consequentemente, a prisão dos criminosos, nos números:

• 27º BPM/M: 11- 5928-1414 ou fax 11- 5928-0973
• Corregedoria PM: 11-3322-0190
• De Emergência "190"
• Disque - Denúncia "181".

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Corpo de Bombeiros de Amparo salva vida de bebê de um mês

Na noite desta sexta-feira (27-02) um ato heroico do Corpo de Bombeiros de Amparo salvou a vida de um bebê de apenas 1 mês de vida.

Segundo as primeiras informações recebidas uma mãe acionou o Corpo de Bombeiros pelo número 193 relatando que seu bebê havia engasgado e já estava sem respirar, começando assim uma corrida pela vida.

Saiba mais clicando no link: http://zip.net/bfqSwF
Fonte: Notícias Regionais 24 horas

COMUNICAÇÃO SOCIAL

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

PM recebe aplausos no terminal de ônibus de Santana

Agressor armado com faca foi desarmado e imobilizado
Policiais militares foram aplaudidos após conter e prender um criminoso armado com faca na zona norte da Capital.

Alunos Soldados do 5º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, realizavam estágio no Policiamento Ostensivo realizado no Terminal de ônibus de Santana quando, por volta das 15h30 desta sexta-feira (27), foram solicitados por populares que informaram sobre um homem que estaria armado de faca, ameaçando pessoas no interior de um ônibus com vários passageiros.

Quando a equipe foi abordá-lo, o infrator agrediu um dos policiais com a faca, que foi ferido de raspão. Afastaram-se do agressor e iniciaram um diálogo enquanto o identificavam.

Tendo em vista que não obedeceu a ordem legal dos policiais, foi solicitando apoio e compareceu no local a viatura do CGP-3, composta pelo Sargento PM Faria e o Cabo PM Leonel, os quais também tentaram dialogar, mas sem êxito.
 
Diante do grande número de pessoas que estavam no local, o Sargento Faria fez o uso da Pistola SPARK (arma não letal), a qual provocou no agressor um impulso que o fez soltar a faca e ser imobilizado e conduzido ao 9º Distrito Policial para registro da ocorrência.

Os policiais foram calorosamente aplaudidos por todos os cidadãos que se sentiram ameaçados por aquele criminoso.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Operação Conjunta PM e PF

  Apreensão de armas e diversos apetrechos de pesca predatória 
Na manhã desta sexta-feira, 27, o 4º Batalhão de Polícia Ambiental em apoio a Policiais Federais realizaram operação policial na região dos municípios de Fronteira e Icém/SP, às margens do rio Grande, para a apuração de crimes de pesca predatória naquele manancial, inclusive mediante a utilização de métodos e técnicas não permitidas neste período de defeso, além de realizarem o comércio destes pescados na região.
 
Destaca-se que no período de piracema a pesca de espécies nativas é totalmente proibida, bem como só é permitido o armazenamento destes peixes mediante comprovante de origem ou declaração de estoque.
Cerca de 30 policias ambientais e federais, com 13 viaturas, trabalharam em conjunto durante a operação, resultando em três pessoas flagradas no cometimento de crimes, sendo que duas foram presas em flagrante delito, uma por posse ilegal de armas de fogo, aves em cativeiro e pesca de espécies que devam ser preservadas e a outra por pesca predatória, culminando com a apreensão de 05 armas de fogo (02 espingardas de calibres 22 e 44, 01 revólver calibre 38, 01 espingarda winchester calibre 44 e 01 carabina puma calibre 38, além de cerca de 1.000 cartuchos também de diversos calibres, dentre eles o 357, que de uso restrito, 02 silenciadores, equipamentos para recarga de munições, petrechos para pesca subaquática como roupas de neoprene, nadadeiras, máscaras e arpão, 78 quilos de pescado nativo (espécies: piau, piapara, pintado, curimbatá e mandi), além de 01 espinhel, 200 metros de redes e 01 tarrafa e 08 aves silvestres (papagaio verdadeiro, periquito maracanã e rolinha).
Nesta oportunidade foram fiscalizados 10 ranchos de pesca e 02 pessoas encaminhadas à Delegacia de Polícia Federal em São José do Rio Preto, onde o Delegado de Polícia Federal ratificará a prisão em flagrante, respondendo um dos envolvidos pelos crimes de pesca de espécies que devam ser preservadas, conforme art. 34, da Lei 9605/98, que prevê pena de detenção de 01 a 03 anos, também pelo crime de manter aves em cativeiro sem autorização, de acordo com o art. 29, da mesma norma, com pena de detenção de 06 meses a 01 ano, por fim responderá pelo crime de posse irregular de armas de fogo e munições, inclusive de uso restrito, incorrendo nos art. 12 e 16, da Lei 10.826/03, que prevê penas de reclusão de 03 a 06 anos e, o outro pelo crime de pesca mediante a utilização de
petrechos não permitidos, conforme art. 34, da Lei 9605/98, que prevê pena de detenção de 01 a 03 anos.

O telefone da Delegacia de Polícia Federal de São José do Rio Preto é (17) 3122-6000

Os telefones das principais sedes da Polícia Militar Ambiental na região são:
- São José do Rio Preto: (17) 3201-3670
- Fernandópolis: (17) 3442-6477
- Franca: (16) 3724-5022
- Ribeirão Preto: (16) 3931-1070

Policiais militares de Araraquara detém dois menores infratores por porte de drogas

Na noite desta quinta-feira (26), Policiais Militares de Araraquara detiveram dois adolescentes por porte de drogas.

O fato ocorreu durante patrulhamento pelo bairro Jardim Paraíso, quando os Policiais avistaram um adolescente que, ao notar a aproximação da viatura, entrou rapidamente num apartamento.

Os Policiais permaneceram em patrulhamento pelo bairro e obtiveram êxito em avistar novamente o adolescente e o abordaram.

Durante a busca pessoal, foi localizado um cigarro de maconha. Já no apartamento do adolescente, havia outro jovem, o qual não era morador e estava fazendo uso de droga.

Após a vistoria pelo quarto, os Policiais localizaram R$ 57,00 em notas diversas, um aparelho de som automotivo, alguns celulares e o restante da droga (maconha).

Os menores infratores, a droga, o dinheiro, os objetos e os aparelhos celulares foram encaminhados ao Plantão Policial, onde foram feitas as apreensões e os menores foram liberados.

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Adolescentes de 14 e 13 anos são flagrados traficando drogas na esquina de Escola em Cruz das Posses

Policiais Militares da 1ª Companhia do 43º Batalhão de Polícia Militar do Interior apreenderam na tarde de quinta-feira (26) dois adolescentes traficando drogas no cruzamento das Ruas XV de Novembro com Sete de Setembro; no Distrito de Cruz das Posses - Sertãozinho/SP.

Durante a intensificação do policiamento em horário de saída de alunos, por volta de 12h53min, os adolescentes foram avistados e durante a busca pessoal foi localizado no bolso da bermuda do adolescente de 13 anos a quantia de 07 cápsulas plásticas contendo cocaína e 28 porções de crack embalados e prontos para a venda.

As drogas e os adolescentes foram apresentados na Polícia Judiciária – DISE, onde foi apreendido as drogas e os adolescentes foram liberados e entregues aos pais

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Ação conjunta da Polícia Militar prende dois por tráfico de drogas

Ontem, dia 26/02/15, Policiais Militares de Rio Preto (17º Batalhão) e Catanduva (30º Batalhão), em uma ação conjunta, prenderam duas pessoas por tráfico de drogas.

Tudo começou quando Policiais Militares de Rio Preto, por volta das 08h30, pelo bairro Vila Toninho, avistaram um motociclista em atitude suspeita. Ao aborda-lo foi localizado um tijolo de erva esverdeada com característica de maconha. Indagado a respeito, informou que havia comprado o entorpecente no município de Catanduva.

Com apoio dos Policiais daquela cidade foram efetuadas diligências no bairro Anuar Pachá em Catanduva, sendo preso mais um indivíduo e encontrados 16 tijolos idênticos ao da primeira apreensão.

M.S.C de 26 anos (morador de Campo Grande-MS e preso em Catanduva) e G.S.R. de 21 anos (morador de Rio Preto preso na Vila Toninho) foram presos em flagrante

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Catanduva.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Homenagem do presidente do TJSP ao Desembargador Álvaro Lazzarini

Ontem (24), por volta das 18h00, no TJSP, o Desembargador Nalini, fez uma emocionante homenagem ao nosso eterno mestre, que faleceu em fevereiro de 2014.

A plateia estava repleta de familiares, amigos da Carreira Jurídica e da Polícia Militar. 
 
Segue abaixo texto da homenagem na íntegra:
Na primeira década do século passado, um dos melhores empregos para os jundiaienses era propiciado por uma empresa então modelar: as Indústrias Andrade Latorre, que produziam os fósforos "Argos" e "Guarany". O patrão, Luis Latorre, ia a pé para a fábrica, em cujas imediações moravam os seus empregados. Muitas das residências eram fornecidas pela indústria. Conhecia todos por nome, inclusive suas famílias.

 
Preocupava-se com o ambiente de convívio e propiciava eventos como a Páscoa coletiva, fomentava a criação de times de futebol e Grupo Teatro Amador e a cada final de ano fazia o Natal da empresa. Meses antes, fornecia aos operários o mostruário da fabricante de brinquedos "Estrela", para que as crianças nele escolhessem seus presentes.

Nessa experiência quase familiar, desenvolveram-se algumas famílias, dentre as quais a de Gumercindo Lazzarini, seu irmão Enércio e a de Baptista Nalini. No lar de Inocência e Gumercindo nasceu Álvaro, no dia 7 de abril de 1936. Na casa de Benedicta e Baptista Nalini nasci eu, em 24.12.1945.

Nossos pais eram companheiros de lida e amigos, mesmo antes de nascermos. Álvaro era o mascote do time de futebol, enquanto eu era do Grupo Dramático, depois "Grupo Guarany de Comédias".

Os tempos eram outros e imperava em casa a disciplina, a hierarquia, a linguagem do olhar. Crescia-se em compromisso com a obediência, o trabalho, o empenho e a crença no desforço próprio. Nada caía do céu, a não ser aquilo que hoje é raro: a chuva.

Álvaro foi estudante exemplar. Sério e austero, encontrou-se na Polícia Militar, devoção de sua vida. Orgulhava-se da farda e da espada, que honrou durante todos os dias de sua existência.

Naquele tempo, os jundiaienses que queriam cursar a Universidade tinham dois destinos: São Paulo ou Campinas. Mas a distância entre Jundiaí e a Terra das Andorinhas era bem menor. Daí a preferência pela Faculdade de Direito da Universidade Católica de Campinas, depois guindada a Pontifícia por força e obra de outro quase-jundiaiense, o Cardeal Dom Agnelo Rossi.

Nesse tempo, o cadete Álvaro Lazzarini já namorava a filha do juiz da comarca, o Dr. Valentim Alves da Silva, que encontrou no pretendente à sua predileta Heidi, o candidato ideal. Já existia a intimidade entre o Judiciário e a Polícia Militar. Ambos erigidos sobre a ética, sobre o correto, sobre o nobre, sobre o verdadeiro, sobre o justo.

Álvaro Lazzarini incorporou os atributos da Força Pública porque ele já fora educado para o bom proceder. A correção era ínsita à sua personalidade. Fazia porque acreditava. Nada era forçado. Essa era a sua natureza.

O sogro foi um permanente norte em sua carreira. Era edificante constatar a admiração recíproca e a afeição que os vinculava. Um se orgulhava do outro e ambos tinham motivos para tanto. Depois do Curso de Formação para Oficiais na Academia do Barro Branco, terminado em 1957, Álvaro concluiu o seu Bacharelado em Direito na PUC-Campinas em 1962. Exerceu a docência em ambas as Instituições pelas quais passou como discípulo brilhante.

Ingressou na Magistratura em 1965. Passou por Santo André como Juiz Substituto, depois Santa Cruz das Palmeiras, Itapira e São Paulo. Conquistou o respeito dos colegas, do Ministério Público, da advocacia e dos jurisdicionados, diante de sua presteza e erudição. Foi um paradigma de Magistrado, pois conciliou o desempenho profícuo na outorga da prestação jurisdicional com a participação efetiva em inúmeros projetos de aperfeiçoamento da Justiça. Nunca se ateve ao cumprimento hígido de seu dever, o que já seria encomiástico. Mas excedeu-se ao integrar Comissões, defender a Polícia Militar e a Magistratura nos percalços que as instituições humanas costumam enfrentar numa Democracia em consolidação numa República heterogênea e complexa.

A leitura de seu currículo oficial, elaborado pela Biblioteca do Tribunal de Justiça, alcança quase duzentas páginas. É uma síntese eloquente do que significou a passagem de Álvaro Lazzarini por esta Corte, com suas 173 palestras, 43 conferências, 27 participações, centenas de Bancas Examinadoras, participação em Banca de Concurso de Ingresso à Magistratura, exposições e discursos.

Mas o perfil de Álvaro Lazzarini é muito mais exuberante do que sua prolífica produção. Posso testemunhar seu apego à família, marido e pai presente. Filho e genro devotado. Irmão empenhado em participar da vida familiar.

Amigo leal e agregador. Quem não se lembra das festas da família? Bodas, casamentos, aniversários, tudo era motivo para reunir a legião de fraternos parentes escolhidos, que são os verdadeiros amigos. Os encontros festivos eram caprichados, planejados e vivenciados com autêntica alegria. D.Conceição e Dr.Valentim, Heidi e Álvaro, depois com Alexandre, Sandra Helena e Ricardo, mais os netos. A família crescendo e as ocasiões de celebração também. Nelas, Álvaro conversava com todos, conferia idêntica atenção a todos os grupos. Não se resumia aos colegas, mas tratava com democrática igualdade os convidados cujo núcleo comum era o pertencimento à instância afetiva da família.

Entusiasta, idealista, ético e coerente. Destemido e lutador. Lutando por sua Polícia Militar, à qual nunca negou respeito, prestígio e afeição. Tanto que o Coronel PM Luiz Eduardo Pesce de Arruda, citado pelo Juiz Coronel Fernando Pereira em artigo-homenagem ao Desembargador Álvaro Lazzarini, chegou a afirmar: "Tendo deixado o serviço ativo, Lazzarini fez mais pelas Policias Militares que a grande maioria de nós possamos ter feito, depois de décadas de serviço"

Álvaro Lazzarini foi um homem de inteireza e coerência. Ele não viveu apenas para si, mas para as causas que escolheu, todas elas amalgamadas por um vínculo de solidariedade em relação ao próximo. Vivenciou, antes mesmo do conceito converter-se em norte do pacto fundante, o real reconhecimento da dignidade da pessoa humana. Sua vida toda poderia ser descrita no contínuo trajeto de adoção de um padrão de vida edificante. Para ele a palavra não era separada do real, a justiça se preocupava com o sofrimento dos homens, menos de que com a letra da lei, servo fiel da ética sensível. Ética nele natural e intuitiva, mas nem por isso desligada de permanente aprimoramento.

Por isso adquiriu sapiência. Já era dotado de conhecimento, pois a teoria é suscetível de obtenção por meio do estudo, pesquisa e observação sistemática. Já a sabedoria é adquirida pela experiência vivida. Aprendizagem e crescimento contínuo. Ele foi provido de vontade reta, espírito de sacrifício, orientação segura para o enfrentamento dos revezes e incessante busca do melhor. Para sua lapidação, para formação de uma família modelar, para promover e fazer crescer seus amigos, suas carreiras, seus ideais.

Cultivou os valores verdade e certeza durante todos os dias de sua gloriosa existência. Sabia que "o ser humano é os valores que vive, encarna-os. Logo, precisa dar-se conta de que eles têm um único ponto de partida: o respeito por si mesmo, extensivo ao outro, que por isso precisa ser reconhecido e legitimado"

A consciência das melhores escolhas - a milícia, o Judiciário, o Magistério, a família - trouxe ao Desembargador Álvaro Lazzarini a felicidade humana possível. Um estágio de consciência plenamente satisfeita. A convicção de se fazer o melhor possível. Álvaro não era um pessimista. Ao contrário. Entendia que "só temos a felicidade que conseguimos entender"

O privilégio de um convívio muito próximo e muito fraterno com Álvaro me permitiu constatar que ele foi um homem feliz. Isso é importante? Muito mais do que importante. Tenho me repetido e reiterado em várias manifestações, que "juiz tem de rimar com feliz, não com infeliz". "Stendhal escreveu: 'Chamo caráter de um homem seu modo habitual de sair à caça da felicidade". Álvaro foi bem sucedido nessa caçada. Cultivou a autoaceitação e a autoestima, cônscio de que Rousseau tinha razão ao afirmar: "Ninguém pode ser feliz se não gozar da própria estima". Vivia em amizade consigo mesmo, ser amável e prestativo para com todos. Por isso as relações positivas com todos que o conheceram bem. Por isso a alegria de viver. O entusiasmo e a resistência aos revezes.

Não foram poucos, o que é natural para um caminho de lutas e audácias. Não galgar o ápice da carreira, justamente em virtude de suas qualidades, que assustavam os áulicos do poder. A longa e pertinaz enfermidade de Heidi, a quem assistiu devotadamente durante todo o tempo. Em seguida, a sua própria saúde, combalida e, a final, vencida, mas amparado pela generosa companhia da Marta. Sabemos que a morte é implacável e nos leva a todos.

As alegrias superaram as dores. Família linda, viu os netos nascerem e crescerem. Foram muitas as festas familiares. Muitas as homenagens. Muitos os encontros afetivos. Muita solidariedade e verdadeira amizade.

O importante é que Álvaro Lazzarini ofereceu à posteridade um legado que orgulha seus filhos, seus netos, toda a sua descendência. Orgulha a Polícia Militar, que pode ostentar em sua História vultos gloriosos que a projetaram e a defenderam de todas as insidiosas tentativas de reduzir sua relevância para o povo paulista. Orgulha o Tribunal de Justiça, pois o seu perfil é digno de ser indicado como padrão para as novas gerações de Magistrados. Orgulha Jundiaí, sua terra natal, que sempre o considerou e reconheceu nele um de seus maiores.

Orgulha os que tiveram a ventura de com ele conviver. E que sabem ser essa a herança real e única a importar nessa frágil e efêmera aventura humana. O bem que se fez, as causas que escolheu, os amigos que conquistou e as lutas que travou.

Familiares, amigos, todos os que formamos esta Confraria dos admiradores de Álvaro Lazzarini, estamos convencidos de que o seu caminho não foi em vão e que sua obra imperecível ecoará como inspiração a quantos precisamos acreditar num Brasil mais ético, mais coerente e mais humano.

Presidente do TJSP – Desembargador José Renato Nalini

Agradecimento de avô com relato de salvamento de seu netinho afogado




CComSoc, Centro de Comunicação Social.

Boa noite.

Inicialmente, eu gostaria de fazer um breve histórico de todos os acontecimentos, que antecederam o acidente com o meu neto Caio.

No dia 18/01/2015, domingo, eu e a minha esposa programamos para meus filhos e famílias e meu irmão e família um churrasco em minha residência.

Estávamos todos na área da piscina, em razão do forte calor que fazia naquele dia.

Por volta de 14h00min, eu decidi sair da piscina com o meu neto, que usava boias em seus braços, para poder dar o almoço a ele e iniciar o nosso churrasco. Antes de começar o seu almoço, meu neto me pediu para que eu tirasse as boias de seus braços. Assim que ele concluiu o seu almoço, solicitei a ele que não fosse à piscina e sim que fosse brincar com a sua mini bicicleta na área próxima à churrasqueira.

Enquanto eu preparava a nossa refeição, na pia da churrasqueira, eu olhei para traz para ver se ele estava brincando com a sua mini bicicleta. Percebi que ele não estava lá e, imediatamente, pedi para que o meu filho mais novo Arthur e sua namorada Thaís que fossem procurar pelo meu neto por todos os locais da casa, inclusive na Rua do Condomínio, em frente de casa.

Quando a namorada do meu filho se direcionava para a área da piscina, ela viu meu neto dentro da piscina. Ao mesmo tempo, eu olhei para o local e vi que ele estava submerso, a mais ou menos, na metade da profundidade da piscina e afundando. Minha nora Kathiuscia (mãe dele), minha cunhada e minha sobrinha estavam no SPA que fica próximo à piscina, mas não perceberam que ele havia entrado na piscina, provavelmente, pela escada de acesso da mesma.

Esta escada possui quatro degraus.

Assim que o avistamos, chamamos a atenção da minha nora e solicitamos para ela que retirasse o Caio da água, urgentemente.

Em seguida, eu e o meu irmão que é médico, descemos para a área da piscina.

Minha nora colocou meu neto nos braços de meu irmão, que começou a fazer os primeiros socorros (Ressuscitação Cardio Pulmonar; RCP). Enquanto eu ajudava o meu irmão com a abertura das vias aéreas do meu neto, solicitei ao meu filho mais novo e sua namorada para que chamassem o Resgate do Corpo de Bombeiros, o mais breve possível.

Assim que os Bombeiros chegaram, eles colocaram a máscara de oxigênio e notamos que a saturação de O2 de meu neto começou a melhorar, rapidamente, chegando a ficar acima de 90 %, antes da chegada do Águia. A saturação de O2, antes da chegada dos Bombeiros, estava em torno de 45 %.

Felizmente, os Bombeiros, durante o percurso até a minha residência, decidiram acionar também a Base de Radiopatrulha Aérea em Campinas (Águia), que chegou em poucos minutos. Em seguida, o médico Dr. Gustavo Trindade e o Sgt PM Ednelson entubaram o meu neto e, após a estabilização dele, embarcaram-no na aeronave para transporte até o HC da Unicamp (vejam abaixo um resumo do relatório do 7º GB).

Segue abaixo a síntese do histórico do atendimento do Caio:

07º GB. Campinas. Fomos acionados para apoio em ocorrência de afogamento. Uma criança de 3 anos de idade se afogou na piscina da residência, ficando submersa por cerca de 5 minutos. Foi retirada da piscina por familiares em PCR. Um dos familiares iniciou processo de RCP.Pousamos em um terreno vazio dentro do condomínio. No local já se encontrava a viatura UR-07103, que prestava os primeiros socorros. Vítima já havia sido revertida da Parada Cardiorrespiratória. Dr Trindade entubou a criança e após estabilização embarcamos a mesma na aeronave para transporte até o HC Unicamp. Apoio no local da CFP Aspirante Marcela e da Viatura I-08215. Vítima: Caio. Mãe da vítima, presente no local.

Chegando ao HC da Unicamp, meu neto foi levado para a Sala de Emergência, onde recebeu mais alguns tratamentos pela equipe de médicos e enfermeiros da

Unicamp. Em seguida, ele foi transferido para a UTI pediátrica para a continuação dos procedimentos de recuperação de meu neto. Lembro-me muito bem, na noite de domingo, quando eu, meu filho Vítor, pai do Caio, e minha nora Kathiuscia nos reunimos com o Dr. Marcelo da Unicamp (médico responsável naquele momento) nos dizendo a respeito da gravidade do estado de saúde do meu neto.

Após, quase 10 dias, de internação, no dia 26/01/15, segunda-feira, meu neto teve alta médica e foi para casa, apenas com uma pequena laringite. Graças a Deus, sem nenhuma sequela.

É com grande satisfação que escrevo esta mensagem para agradecer formalmente ao Corpo de Bombeiros do 7º GB (Taquaral), à Base de Radiopatrulha Aérea em Campinas e a equipe médica e demais profissionais do HC da Unicamp que contribuíram no salvamento do meu neto, dando a ele a oportunidade de continuar a sua vida junto de nós, seus familiares.

Ressalto que todo o atendimento foi prestado de maneira extremamente eficiente, rápida e cortês, desde o atendimento telefônico do 193, que a partir dos dados básicos passados pela namorada de meu filho Arthur, já percebeu a gravidade da situação e tomou a iniciativa de acionar o corpo de bombeiros mais próximo e o GRAU, inclusive retornando a ligação para informar-se sobre o endereço correto e avisar que o helicóptero estava a caminho, os Bombeiros que de pronto mediram os sinais vitais e ministraram oxigênio até a chegada do aeromédico, o piloto do helicóptero que conseguiu pousar em terreno baldio irregular, o médico e o enfermeiro que conseguiram entubar meu neto na primeira tentativa e tomaram todos os cuidados para que ele fosse prontamente transportado para o HC da Unicamp, a atuação da PM aspirante que acalmou minha esposa, que estava bastante nervosa, e mesmo a comunicação entre os diversos profissionais que estiveram na minha casa e que já colocaram a emergência da Unicamp de prontidão. Os médicos da Unicamp enfatizaram que a rapidez no atendimento e o transporte do meu neto até a Hospital, onde recebeu ventilação mecânica, foi importantíssima para a plena recuperação dele.

Após a primeira semana da alta do Caio, eu e a minha família fomos, pessoalmente, ao 7º GB (dia 08/02/15) e à Base de Radiopatrulha Aérea em Campinas (dia 14/02/15), para agradecer às pessoas responsáveis pelo salvamento do meu neto e fomos muito bem recebidos por todos.

Por gentileza, peço que enviem este meu e-mail para o Comandante do Comando de Policiamento do Interior Dois (CPI/2), Coronel PM Marcelo Nagy, para que ele tome conhecimento de mais um caso resolvido pela sua competente equipe de trabalho.

Quero enaltecer esse momento de alegria através de um enorme agradecimento e muitos elogios aos profissionais, policiais militares, comandados por Vossa Sª

Mais uma vez, muito obrigado por tudo que vocês fizeram neste caso e pelo ótimo atendimento nas visitas às suas instalações, ao 2º Sgt PM; Relações Públicas José Henrique Feliciano e ao Sgt PM Ednelson pelas informações solicitadas por mim.

Coloco-me à disposição de Vossa Sª para dirimir quaisquer dúvidas a respeito do acidente com o meu neto.

Alexandre Giareta Conti
Alphaville - Campinas – SP


COMUNICAÇÃO SOCIAL


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Traficante preso em Itaí



PM encontra refinaria de drogas na cidade

Na madrugada desta segunda-feira, policiais militares do 53º Batalhão de Polícia Militar do Interior prenderam um homem por Trafico de Drogas.

Por volta das 02h50min, a equipe composta pelo Cabo PM Ribeiro e Soldado PM Macedo realizavam patrulhamento pelo bairro Capitão Cesário, na cidade de Itaí/SP, um veículo Gol de cor preta chamou a atenção e quando os ocupantes perceberam a presença da viatura, começaram a portar-se de maneira suspeita.


Realizada a abordagem, foi encontrada com um deles uma pedra de crack e certa quantia em dinheiro. Durante o desenrolar da ocorrência, a equipe de Força Tática, composta pelo Sargento PM Aguiar, Cabo PM Saudino e Soldado PM Garcia, a partir de dados obtidos pelo detido, conseguiu encontrar a residência em que funcionava um laboratório de drogas.


No local foi apreendida uma pedra de “crack”, uma balança de precisão, 20 embalagens plásticas para geladinho, 07 invólucros de pó branco aparentemente lidocaína, um copo de liquidificador, uma garrafa plástica contendo um líquido aparentemente éter, um rolo de saco plástico para embalagem, uma tigela branca, 01 panela usada e a quantia de R$ 64,00 em dinheiro. Durante a apreensão os policiais militares ainda notaram que nos utensílios de cozinha continham vestígios de pó branco.


Diante os fatos, foi dada voz de prisão ao criminoso e conduzido à Central de Flagrantes para registro da ocorrência.

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Polícia Militar Ambiental autua por transporte irregular de pescado


100 Kg de pescado estavam no porta-malas

Na manhã de hoje (23 de fevereiro), o Policiamento Ambiental de Rosana apreendeu 110 quilos de pescado nativo acondicionados irregularmente em porta-malas de veículo.

Uma equipe ambiental durante patrulhamento pelo bairro Beira Rio no município de Rosana/SP (700 Km de São Paulo) após suspeitar, abordou e vistoriou o veículo VW/Gol constatando a existência de 110 quilos de pescado nativos sendo 86 kg de curimbatá (prochilodus lineatus), 12 kg de armado (pterodoras granulosos) e 12 kg de piracanjuba (brycon orbignyanus) esta última espécime ameaçada de extinção no estado de São Paulo, o quais estavam acondicionados em sacos de nylon no porta-malas.

Indagado, o condutor do veículo informou ser pescador amador, o pescado era proveniente da pesca embarcada com utilização de tarrafa realizada no rio Paraná - jusante da UHE Sérgio Motta.

Cabe ressaltar que a apreensão está pautada no artigo 2º da Instrução Normativa nº 25, de 01 de setembro de 2009, o qual prevê a proibição da captura, transporte e o armazenamento do pescado nativo oriundo da bacia do Rio Paraná, em período de piracema (01 de novembro a 28 de fevereiro), bem como anexo I do Decreto Estadual 60.133, de 07 de fevereiro de 2014.

Foram lavrados 02 autos de infração ambiental no valor de R$ 2.900,00 cada, baseado no disposto do parágrafo 1º, inciso III do artigo 36 da Resolução SMA 48/2014, na ação de “transportar espécimes provenientes da pesca proibida”.

O pescado apreendido foi doado à Associação de Amparo a Criança e Adolescente de Rosana-SP.

A Polícia Militar Ambiental solicita que as denúncias sejam feitas através do telefone 181 (Disque Denúncia), pelo telefone EMERGÊNCIA 190, ou na Base mais próxima do Policiamento Ambiental.



COMUNICAÇÃO SOCIAL

Esposa, após ser agredida, denuncia marido como receptador



Policiais Militares de São Carlos recuperam 6 veículos após denúncia

Na noite deste domingo (22), os policiais militares Cabo PM Amaral e Soldado PM M. Furini, ambos do Radiopatrulhamento Padrão da 1ª Cia do 38º BPM/I, em São Carlos, prenderam o agressor da esposa e ainda recuperaram 6 veículos.

Após a equipe atender ocorrência de agressão contra a mulher, Lei Maria da Penha, à Rua Antonio Pratavieira, no bairro Presidente Collor, prenderam em flagrante o agressor que tentava enforcar sua esposa atrás de uma Kombi naquela via, quando a esposa denunciou o marido como receptador.


Diante da denúncia, os policiais empenharam-se em procurar em diversos endereços, a fim de localizar os veículos com suspeita de adulteração de chassi e dublê.


Obtiveram êxito em localizar 6 veículos, os quais foram apreendidos para fins de perícia e que estavam na posse dos possíveis receptadores.


Os veículos: Kombi, S-10, Tucson, Safira, Montana e um Honda Civic foram apreendidos e o autor da agressão foi recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos. Mais nove supostos receptadores serão averiguados.


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Dois traficantes presos pela PM em Itanhaem



Drogas escondidas num imóvel da cidade foram apreendidas


Policiais militares do 29º Batalhão de Polícia Militar do Interior, na noite deste domingo (22), prenderam dois homens por Tráfico de entorpecente na cidade de Itanhaem.

Após informações sobre o trafico, a equipe de Força Tática se dirigiu à Rua 29 e avistaram 2 homens, os quais ao perceberem a presença da viatura policial tentaram fugir sendo um deles alcançado.


Em seu poder foi localizada uma sacola contendo 16 flaconetes de cocaína, 3 frascos de lança perfume, 117 flaconetes de crack, 1aparelho celular e uma folha contendo anotações do trafico. Seu comparsa foi encontrado num apartamento próximo ao local.


Em vistoria no imóvel, foi localizado um cofre contendo 100 porções de maconha, 78 flaconetes de cocaína, e 50 flaconetes de crack.


Em entrevista com os indiciados, estes informaram o local onde armazenavam os entorpecentes, situado à Rua Manoel Ribeiro dos Santos, onde foram encontradas mais 1.331 porções de maconha, 284 flaconetes com crack, 147 frascos de lança perfume, 643 flaconetes de cocaína, 01 caderno de anotações referentes ao trafico e 01 maquina caça níquel.


No total foram apreendidas 1.471 porções de maconha, 659 flaconetes de cocaína, 401 flaconetes de crack, 150 frascos de lança perfume, 1aparelho celular e anotações referentes ao trafico.


Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos criminosos e conduzidos, juntamente com a droga, para o 1167 DP de Itanhaem para registro da ocorrência e apreensão do entorpecente.

COMUNICAÇÃO SOCIAL

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Arma, munições e drogas apreendidas em Lorena

No fim da tarde desta terça-feira (18), policiais militares da equipe de Força Tática prenderam um homem no município de Lorena/SP.
Por volta das 17h00, em patrulhamento pela Rua João Malafronte, em Vila Passos, um homem foi abordado e com ele encontrado um revólver calibre 38 carregado com 06 munições e 104 pedras de crack.
Dada voz de prisão, foi conduzido ao 1º DP para registro da ocorrência em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

COMUNICAÇÃO SOCIAL

PM prende traficantes na Cidade Tiradentes



Criminosos oferecem dinheiro para serem liberados

















Por volta das 13h00 desta quinta-feira (19), policiais militares do 28º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano prenderam dois traficantes e apreenderam drogas destinadas a abastecer os pontos de tráfico na Cidade Tiradentes.

Durante patrulhamento pela Rua Antônio Carlos Mingues Lopes, a equipe da viatura M-28301, Sd Danioti e Sd Reginaldo, deparou-se com um veículo Meriva, no qual havia duas pessoas em seu interior.
Ao serem abordados, no bolso do motorista foi localizada uma chave de outro veículo Meriva. O condutor informou que pertencia ao veículo abordado, pois o miolo do contato havia sido trocado.
Suspeitando da declaração, os policiais procuraram por outro veículo nas redondezas e, pela Rua Alexandre Davidenko, localizaram um Meriva dentro do pátio de um condomínio.
O veículo foi aberto com aquela chave e, em seu interior, foram encontrados 2000 invólucros de maconha,  7700 ependorf de crack e 986 de cocaína.
 
Os criminosos assumiram a propriedade do material ilícito e ofereceram aos policiais a quantia de R$ 60.000,00 para serem liberados.
Dada voz de prisão, os traficantes, drogas e veículos foram conduzidos ao 54º DP para registro da ocorrência e demais providências.

COMUNICAÇÃO SOCIAL